Yoga

 

 A palavra Yoga deriva de uma raiz sânscrita, YUJ, que significa atrelar, juntar, unir. São duas as interpretações tradicionais do sentido da palavra, uma diz-nos que o Yoga é a união do ser individual com o Principio Supremo, a outra diz-nos que o Yoga é a coordenação, a unificação dos diversos elementos do psiquismo humano.

 Nasce na India e a sua origem perde-se no tempo sendo uma das mais extraordinárias ciências espirituais, contempla todos os aspectos da humanidade e a sua interligação com a natureza. Os métodos do Yoga abarcam todos os campos da nossa existência a nível fisico, sensorial emocional, mental e espiritual.

 Os textos mais antigos sobre o Yoga, séc. II e IV AC (Yoga-Sûtra) foram realizados por Patañjali que procedeu ao inventário e classificação das práticas yóguicas existentes na sua época. Segundo Patañjali, o Yoga é definido como a "neutralização das alternadas ondas da mente", o silêncio da mente.

 A prática do yoga tem como base a doutrina filosófica do Sâmkhya (significa: sistemas de enumeração) que descreve os príncipios cósmicos elementares.

 

 As oito etapas do Yoga:

 Yama - regras sociais de conduta (atitude correcta);

 Nyama - regras pessoais de conduta (acção correcta);

 Asana - posições físicas, sensoriais e psíquicas;

 Pranayama - técnicas respiratórias de domínio da energia vital (Prána);

 Pratyahara - técnicas de controlo dos sentidos;

 Dharana - controlo da mente e concentração;

 Dhyana - meditação;

 Samadhi - suprema meditação (união do observador e do observado no silêncio da mente).

 

 Os cinco caminhos ou vias do Yoga:

 Jnana Yoga - o Yoga do conhecimento;

 Bhakti Yoga - o Yoga da devoção;

 Kriya e Hatha Yoga - o Yoga das técnicas;

 Karma Yoga - o Yoga dos serviços;

 Raja Yoga - o Yoga integral (combina todos).

 

 O Yoga tem como meta a transformação profunda da consciência que acontece quando trabalhamos as nossas potencialidades, quando procuramos eliminar os automatismos produzidos pela mente, os maus hábitos arraigados e procuramos a Verdade em detrimento da Ilusão.

 Ao praticar Yoga com regularidade e correção, cria uma união entre o corpo, mente, emoções e espírito (nível de consciência mais elevado) promovendo o auto-conhecimento, o equilíbrio entre corpo e mente, a saúde física e espiritual, a comunhão entre o indivíduo e o todo.

?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?>