Karate

 

 O QUE É O KARATE-DÔ?

 Sumariamente o Karate provém de uma arte de combate designada por TO-DE, “mãos da China ou arte da China” baseada no Kempo Chinês (kung fu). O TO-DE, foi transmitido durante vários anos, com algum secretismo, na ilha de Okinava designado por “OKINAWA-TE” cujo nome passou a ser escrito em 1905 por Chorno Hanashiro apenas por dois caracteres: KARA + TE, que significa literalmente “mãos nuas ou mãos vazias.” É frequente o uso da palavra DÔ, separada por um hifen da palavra Karate, com o intuito de caracterizar algo mais abrangente na pratica da modalidade como o caminho ou uma forma de estar ou um percurso de vida. Entre 1902, altura em que é introduzido nos programas de Educação Física em duas escolas de Okiwana e mais tarde em 1916, quando a sua prática é levada para o continente nipónico onde se efectuam várias demonstrações, nomeadamente em Kyoto pelo Mestre Gichin Funakoshi e anos mais tarde pelos Mestres Kenwa Mabuni e Chojun Miyagi, é sem dúvida o início da expansão e massificação do Karate. Em 1933 o Karate é reconhecido oficialmente pela Dai Nippon Butokokai. Inicialmente utilizada como uma arte de marcial de combate o karate-dô, ou seja, a via, o caminho da arte, transformou-se ao longo dos tempos num método que favorece o desenvolvimento do espírito e do corpo quer na vertente tradicional quer na vertente desportiva, ambas recheadas de história as quais ganham especial significado nos movimentos e sequências tais como o Khion, Kata, Bunkai, e o Kumite - encontro entre mãos. As quatro escolas/estilos de base tradicionais, o Shoto-ryu (Shotokan) o Goju-ryu, o Shito-ryu e o Wado-ryu fundaram em 1962 a Federação Japonesa de Karate. Desde essa altura até aos nossos dias as quatro escolas originais multiplicaram-se em várias gerações e deram origem a várias organizações.

 

 O ESTILO DE KARATE - DO POR NÓS PRATICADO:

 Tani-ha-shito-ryu

 

 

 

    Mestre Chojiro Tani - 1921-1988

    Fundador do:

    Tani-ha-shito-ryu Karate-dô

 

 

 

 TANI-HA-SHITO-RYU significa a “interpretação” da escola Shito segundo os conceitos e adaptações do Mestre Tani. Chojiro Tani foi aluno do fundador do Shito-ryu, Kenwa Mabuni, tendo começado a treinar Karate Goju-ryu aos 18 anos de idade com o Mestre Miyagi na Universidade de Doshisha, próximo de Osaka. Na altura Mestre Miyagi ensinava Goju-ryu nas Universidades de Doshisha e Rutsumeikan e no Gihoukai Judo Dojo em Kyoto. Aos 22 anos de idade, quando Mestre Miyagi regressa para Okinawa, Chojiro Tani tornou-se aluno de K. Mabuni na Universidadede Doshisha e com ele treinou cerca de 12 anos tendo obtido pelas mãos do Mestre o certificado “Mokuroku”, também designado por “Meikyô Kaiden”, para ensinar e divulgar o Shito Ryu, de acordo com os seus princípios tal como outros alunos de K. Mabuni, entre eles Sakagami e Manzo Iwata. Apesar de residir em Kobé onde abriu o seu Dojo e tornou-se o Soke do estilo Tani-ha Shito-ryu- Kempo Karate-do e Presidente da Shukokai World Karate Union, Chojiro Tani ensinou Karate com regularidade em várias Universidades na região de Osaka tais como Osaka Economic College e na Universidade de Doshisha. Através dos seus ensinamentos o Karate Shito forma mestres da 3ª geração de projecção internacional tais como: Keiji Tomiyama, Naoki Omi, Yoshinau Nambu, Shigeru Kimura, Yashuri Suzuki, Kamohara, Kusano, Hiroshi Okubo, Hani, Ikazaki, Yamada, Inakagi entre outros. A maioria destes mestres de 3ª geração de Shito, fundaram as suas próprias organizações, como foi o caso da Kofukan Internacional, fundada em 1982 pelos antigos alunos de Chojiro Tani: Yashuri Suzuki; Keiji Tomiyama; Hiroshi Okubo; Naoki Omi, sob a permissão e a direcção técnica de Chojiro Tani.

 

 O PORQUÊ DA PRÁTICA DO ESTILO?

 Sensei - Gomes da Costa

 Fundador da:

 União de Karate do Algarve

 João Dias - aluno do mesmo no estágio da Ilha de Faro

   

 

A origem da prática do estilo Tani-ha-shito-ryu na União de Karate do Algarve, no Clube Karate de Tavira e na maioria dos clubes situados na região Algarvia deve-se ao facto do fundador do Clube Karate de Tavira, Sensei João Dias ter iniciado a prática de Karate, em 1975 com um aluno do Mestre Tani, o Sensei Gomes da Costa. Gomes da Costa foi aluno de Chojiro Tani em Kobe, Japão, no seu Hombu – Dojo e foi Uchi Deshi de Yoshinau Nambu também este aluno de Chojiro Tani. Gomes da Costa, Manuel Alexandre Gomes da Costa, nascido em 1948 na região Algarvia, durante vários anos ausente de Portugal regressa após o 25 de Abril de 1974, graduado em 4º Dan de Karate e 2º Dan de Iai-do, graduações extremamente elevadas e raras na altura!

 Em 16 de Dezembro de 1975 funda a União de Karate do Algarve, sediada em Faro, tendo nessa altura, João Dias iniciado a prática do Karate com 14 anos de idade e sido seu aluno durante 5 anos. Após este período Gomes da Costa parte para E.U.A. e João Dias conhece outros mestres de Karate. No início da década de 80, João Dias parte para França e em Paris treina Shotokan, com George Zisga, e mais tarde, enquanto estudante de Educação Física em Lisboa, Wado-ryu com o Sensei Shiomitsu, o qual o introduz ao Shian Keiji Tomiyama. Em 1990 participa no estágio internacional de Londres ministrado pelo Shian Keiji Tomiyama e, em 1991 convida-o para dirigir estágios em Portugal, dando-se início ao projecto da Kofukan Portugal. Em 1992, quando regressa ao Algarve, após onze anos de estadia na região de Lisboa onde expande a prática da modalidade em clubes e dá apoio à Federação (F.P.K)  é colocado na Escola Secundária de Tavira e por sugestão de alguns alunos e colegas de profissão, onde lecciona, inicia o apoio à modalidade na cidade de Tavira. Mais tarde em 1995, funda com outros praticantes o C.K.T.- Clube de Karate de Tavira.

Escrito por João Dias.

KOFUKAN
SABER MAIS SOBRE O SHITO-RYU
KARATE MODERNO
KARATE EM PORTUGAL

 

 

Voltar ao topo

?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?> ?>